MPT e OIT lançam campanha para combater e prevenir o escalpelamento

Notícias

Você já ouviu falar em escalpelamento? Trata-se de uma realidade violenta que afeta, em sua maioria, mulheres e meninas na região norte do Brasil. Esse grave acidente costuma ocorrer em embarcações de pequeno porte, durante a pesca artesanal ou o transporte para a escola, o trabalho e outros locais.

O Ministério Público do Trabalho e a Organização Internacional do Trabalho estão lançando Campanha para conscientizar todos os brasileiros sobre esse problema e dar visibilidade à realidade de exclusão e violência que as vítimas de escalpelamento enfrentam diariamente.

Apenas com o apoio de toda a população será possível fortalecer a prevenção dos acidentes e garantir os direitos das vítimas, especialmente educação, proteção social e trabalho.
Sequelas

As consequências do escalpelamento são muito graves e variam conforme as áreas afetadas no acidente, como crânio, pálpebras, orelhas e face. As principais sequelas incluem dores de cabeça ou cervicais crônicas, dificuldade na audição, fala e visão. Essas disfunções crônicas comprometem a qualidade de vida, o lazer e o emprego das vítimas, que muitas vezes ficam impossibilitadas de trabalhar.

O MPT e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) pedem o seu apoio para ajudar a conscientizar todos os brasileiros sobre esse grave problema e dar visibilidade à realidade de exclusão e violência que as vítimas de escalpelamento enfrentam diariamente.

Só assim será possível fortalecer a prevenção dos acidentes e garantir os direitos das vítimas, especialmente educação, saúde, proteção social e trabalho.

FONTEhttps://www.anamt.org.br/portal/2018/08/28/mpt-e-oit-lancam-campanha-para-combater-e-prevenir-o-escalpelamento/

29/08/2018 - 17h28

Voltar ao topo